CONTACT US 

Smith & Associates
Phone: 1-999-SmithCo

Fax: 314-873-3800
Email: smith@smith.com

 

Our main office is on

55 West Street, Suite 2650, Arlington, VA 
 

 

ricardo santos

 

*

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Resumo Curricular
  • Licenciado em Terapia da Fala. Mestre em Ciências da Fala e da Audição.
  • Especialista em Terapia e Reabilitação.
  • Doutorando em Ciências e Tecnologias da Saúde, ramo Decisão Clínica
  • Assistente Convidado do Curso de Licenciatura em Terapia da Fala na Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto, Portugal (ESTSP-IPP).
  • Docente Convidado em Mestrados e Pós-Graduações nas áreas da Motricidade Orofacial, Ciências da Fala, Ortodontia e Cirurgia Ortognática, em Universidades nacionais e internacionais.
  • Co-Coordenador para a área de especialização em Motricidade Orofacial do Mestrado em Terapia da Fala (ESSA/ Instituto EPAP, Portugal).
  • Apresentações orais em eventos científicos nacionais e internacionais, na área da motricidade orofacial.

  • Publicações em revistas científicas e em livros de resumos de congressos.

  • Revisor Convidado de Revistas Científicas para a área da Motricidade Orofacial.

  • Quatro prémios de Mérito Científico na área da Motricidade Orofacial.

  • Presidente da Direção da Sociedade Portuguesa de Terapia da Fala.

  • Membro do Executive Board da Academy of Applied Myofuncional Sciences (AAMS).

  • Membro Internacional do Comité de Fonoaudiologia da Associação Brasileira do Sono (ABS).

  • Coordenador Clínico e Científico da MyoSolutions®

Sábado, 19 Março - Auditório 2 -14h30

Duração: 30 minutos

 

 

 

«A intervenção da Terapia da Fala nas Disfunções da ATM: porquê, quando e como?»

 

Considerando a etiologia multifatorial das Disfunções Temporomandibulares (DTMs) e das suas manifestações, é fundamental assumir uma abordagem interdisciplinar para a intervenção nesta condição. Da equipa deverão fazem parte diferentes áreas científicas, como a estomatologia, a medicina dentária, a cirurgia maxilo-facial, a otorrinolaringologia, a fisioterapia, a psicologia, a terapia da fala, entre outras. Na intervenção das DTMs é fundamental uma abordagem etiológica centrada na definição de um diagnóstico diferencial entre os diferentes elementos da equipa.

 

Na presença de DTMs o restabelecimento das funções orofaciais está bastante condicionado, sendo fundamental a compreensão da complexa interação entre oclusão, posição mandibular e condição muscular do paciente. O objetivo principal da terapia da fala, especificamente na componente miofuncional orofacial, é a adequação das funções orofaciais (mastigação, deglutição, fala e respiração) que pode ser aplicada em diferentes fases do tratamento e com objetivos específicos, como na redução dos fatores miofuncionais agravantes, adequação da tensão muscular nos músculos mandibulares e da mastigação, para a obtenção de um equilíbrio neuromuscular entre a ATM e oclusão dentária.

 

As estruturas dentofaciais são influenciadas de forma constante pela componente neuromuscular, pelo que uma intervenção neste domínio será fundamental para o equilíbrio do sistema estomatognático (SEG) e da ATM, uma vez que as funções do SEG se relacionam de forma direta com a mobilidade mandibular, que definem muitas das caraterísticas da mastigação, deglutição e fala. Nesta apresentação será enquadrado o papel da terapia da fala na avaliação e possibilidades de intervenção nas DTMs.

 

Lisboa 2016

«Dor Orofacial e Disfunção Temporomandibular: O Futuro»

«Orofacial Pain and Temporomandibular Disorders: The Future»

 

 

 

 

Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial © 2016, todos os direitos reservados